Saturday, April 25, 2009

CONQUISTANDO PELO AMOR

Fonte: www.wiki.bemsimples.com/pages/viewpage.action?pageId=3211316


“E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria. E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria.” - 1 Co 13:2 e 3

O que mais precisamos na vida é nos sentirmos amados. Uma pessoa amada corresponde ao chamado, obedece, faz tudo pela outra.

Mas porque que em nossos relacionamentos, por muitas vezes encontramos pessoas que se sentem mal-amadas e por isso estão infelizes, desmotivadas?

De acordo com Gary Chapman, as pessoas possuem diferentes formas de se sentirem amadas, que são as Linguagens do Amor. Para ele, da mesma maneira que nos comunicamos – e em cada nação há um dialeto específico – assim são as pessoas, elas falam dialetos diferentes quando comunicam o amor. Ele classificou em cinco as diferentes linguagens do amor:


1. PRESENTES

Quem gosta de ganhar presentes? Todo mundo. Quem gosta de dar presentes? Nem todos. Essa é uma linguagem peculiar e não está necessariamente ligada ao valor. Muitas crianças fazem desenhos lindos para seus pais, irmãos e tios – para elas, esses papéis coloridos são preciosos presentes, uma forma de dizer que amam.

Se você é do tipo que sempre que viaja pensa em trazer lembranças para seus amigos, que nunca se esquece de comprar um presente nos aniversários, e que até mesmo se desaponta quando as pessoas se esquecem de te presentear, provavelmente esta é a sua linguagem.

No relacionamento com Deus vemos que muitas pessoas sentem-se realizadas por ofertarem, levarem seus dízimos e por serem abençoadas na área material. Essa é a linguagem delas.


“E deu ao rei cento e vinte talentos de ouro, e muitíssimas especiarias, e pedras preciosas; nunca veio especiaria em tanta abundância, como a que a rainha de Sabá deu ao rei Salomão.” - 1 Reis 10:10


“E o rei Salomão deu à rainha de Sabá tudo o que ela desejou, tudo quanto pediu, além do que dera por sua generosidade...” - 1 Reis 10:13

O primeiro milagre feito por Jesus foi um presente, vinho para uma festa de casamento, em Caná da Galiléia.


“E, faltando vinho, a mãe de Jesus lhe disse: Não têm vinho... Disse Jesus aos serventes: Encham de água essas talhas... E, logo que o mestre-sala provou a água era feito vinho... tu guardaste até agora o bom vinho” - Jo 2: 1 a 10


2. TEMPO DE QUALIDADE

Significa o tempo que você dedica exclusivamente a alguém, sem ter outras distrações por perto - tempo para uma conversa, para assistir a um filme, tomar um café, etc.

Se você se sente amado por alguém abrir mão de fazer outra coisa para passar tempo com você, possivelmente essa é a sua primeira linguagem. Por outro lado, se alguém exige sempre a sua presença de forma exclusiva, essa é a principal maneira que ela encontrou para dizer que te ama. Essas pessoas renovam o amor por Deus quando passam um tempo em Sua presença

Na Bíblia podemos achar um exemplo de alguém que tinha essa linguagem: Maria, que amava ficar aos pés de Jesus. Era dessa forma que ela dizia ao Mestre que o amava.

“E tinha esta uma irmã chamada Maria, a qual, assentando-se também aos pés de Jesus, ouvia a sua palavra. ” - Lc 10:39


“ Tendo, pois, Maria chegado aonde Jesus estava, e vendo-o, lançou-se aos seus pés...” - Jo 11:32

Ainda saindo da adolescência vemos Jesus se demorando com as pessoas no templo.


“E aconteceu que, passados três dias, o acharam no templo, assentado no meio dos doutores, ouvindo-os, e interrogando-os.” - Lc 2:46


Um outro momento que realça essa linguagem de amor em Jesus, é o que antecede a segunda multiplicação dos pães – as pessoas contaram com a presença de Jesus por dias seguidos.


“E Jesus, chamando os seus discípulos, disse: Tenho compaixão da multidão, porque já está comigo há três dias, e não tem o que comer...” - Mt 15:32


3. ATOS DE SERVIÇO

Sabe aquelas pessoas que fazem tudo para agradar? São pessoas que têm como primeira linguagem de amor atos de serviço, para elas, o amor está relacionado ao fazer.

Há um bom exemplo sobre essa linguagem de amor na Bíblia – Marta, irmã de Maria e Lázaro. Ao saber que Jesus se aproximava, ela sempre se preparava para servi-lo. Fazia comida, organizava a casa e estava sempre envolvida com alguma atividade.


“E aconteceu que, indo eles de caminho, entrou Jesus numa aldeia; e certa mulher, por nome Marta, o recebeu em sua casa.” - Lc 10:38


“Fizeram-lhe, pois, ali uma ceia, e Marta servia...” - Jo 11:22

Na obra de Deus existem muitas “Martas”, que ficam nos bastidores para que tudo aconteça. Elas estão demonstrando seu amor à Deus. E essa foi uma das linguagens que mais Jesus nos ensinou.

“Bem como o Filho do homem não veio para ser servido, mas para servir, e para dar a sua vida em resgate de muitos.” - Mt 20:28 .

O Mestre não ficou somente no discurso, Ele também praticou essa linguagem, uma demonstração é quando ele lava os pés de seus discípulos.

“Levantou-se da ceia, tirou as vestes, e, tomando uma toalha, cingiu-se. Depois deitou água numa bacia, e começou a lavar os pés aos discípulos, e a enxugar-lhos com a toalha com que estava cingido”. - Jo 13: 4 e 5


4. TOQUE FÍSICO

Geralmente esta é uma das primeiras formas de comunicar amor que aprendemos. As crianças amam dar beijos e abraços. Ao fazer isso, estão dizendo que amam mesmo sem palavras. Essa é também uma das formas mais fáceis de perceber o amor.

Você abraça quem é importante para você? Fica feliz ao receber um carinho na cabeça, nos cabelos ou nas mãos?

Se você respondeu sim, provavelmente esta é a forma como você demonstra que ama e como gosta que as pessoas demonstrem que te amam.

Aquelas pessoas que sempre procuram abraçar, que conversam tocando nas outras, provavelmente estão dizendo que a outra é importante para ela. Muitos discípulos falam essa linguagem do amor, inclusive no relacionamento com Deus, quando se entregam na adoração – eles sentem-se tocados por Deus nesse momento.

João expressava seu amor por Jesus desta forma.

“E, inclinando-se ele sobre o peito de Jesus, disse-lhe: Senhor, quem é?” - Jo 13:25

“E Pedro, voltando-se, viu que o seguia aquele discípulo a quem Jesus amava, e que na ceia se recostara também sobre o seu peito...” - Jo 21:20

Jesus também tomou as criancinhas e pôs em Seu colo, contrariando a postura de seus discípulos.


“Trazendo uma criança, colocou-a no meio deles e, tomando-a nos braços, disse-lhes: Qualquer que receber uma criança, tal como esta, em meu nome, a mim me recebe; e qualquer que a mim me receber, não recebe a mim, mas ao que me enviou.” - Mc 9:36 e 37


5. PALAVRAS DE AFIRMAÇÃO

Muitas pessoas precisam ouvir que são importantes, lindas, inteligentes, competentes e divertidas. Isso significa palavras de afirmação, ou seja, a manifestação verbal de sentimentos. Da mesma forma, existem pessoas que sentem a necessidade de dizer o quanto amam seus amigos, o quanto eles são importantes. Ao fazer isso, demonstram seu amor.

Para elas não basta alguém passar tempo, dar presentes ou abraços, elas precisam ouvir o que os outros pensam. Se este é o seu caso, provavelmente essa é a sua primeira linguagem.

Os discípulos que falam essa linguagem, desenvolvem seu relacionamento com Deus através da Palavra – amam ler, amam ser ministrados.

Na Bíblia, por muitas vezes encontramos Davi fazendo declarações de amor para o Senhor.


“Eu te louvo porque me fizeste de modo especial e admirável. Tuas obras são maravilhosas.” - Sl 139:14


“Tu me alegras, Senhor, com os teus feitos; as obras das tuas mãos levam-me a cantar de alegria.” - Sl 92:4


Por outro lado, o Mestre mesmo em um momento de grande dor, na cruz, teve uma palavra que expressava amor, para o ladrão que estava ao seu lado, quando este pediu-lhe que lembrasse dele quando entrasse no seu Reino:


“Jesus lhe respondeu: ‘Eu lhe garanto: Hoje você estará comigo no paraíso.” - Lc 23:43


As linguagens do amor nos relacionamentos humanos refletem o amor divino, o Senhor expressa Seu amor a cada um segundo a sua linguagem, porque o mais importante é que a pessoa consiga se sentir amada.

Estamos buscando uma grande conquista em todas as áreas de nossas vidas... Mas precisamos lembrar que “se o grão de trigo não morrer ficará só”.

Amar é diferente de gostar, não envolve sentimento. “Amor é o que o amor faz” (James C. Hunter). Jesus praticou as cinco linguagens, em seu relacionamento com os homens, e nos ensinou a nova lei do amor:


“... amai a vossos inimigos, fazei bem aos que vos aborrecem, bendizei aos que vos maldizem, orai pelos que vos caluniam. Ao que te ferir numa face, oferece-lhe também a outra. Ao que tirar a tua capa, deixe que leve também a túnica. Dá a qualquer que te pedir, e ao que tomar o que é teu, não o peças de volta... Se amardes os que vos amam, que recompensa tereis? Até os pecadores amam os que os amam.” - Lc 6:27 a 30, 32

Se praticarmos esse amor, na linguagem que as outras pessoas possam compreender, então teremos a recompensa:


“Daí, e dar-se-vos-á. Boa medida, recalcada, sacudida e transbordante, generosamente vos darão.” - Lc 6:38

Jesus é o nosso referencial, Ele enfrentou muitas dores, rejeição, acusação e foi à Cruz por mim e por você, por amor, para que tivéssemos todas as conquistas. Ele te ama com um amor perfeito, e esse amor foi idealizado para ser aceito.

Ana Cunha Araújo

Saturday, April 18, 2009

FIDELIDADE INDEPENDENTE DAS CIRCUNSTÂNCIAS

1 Sm 1 : 11

Neste texto encontramos vários exemplos de pessoas que não olharam para as circunstâncias, mas para o Senhor.

Circunstância:
* Condição ou estado de uma pessoa em um determinado momento.


1. ELCANA - 1 Sm 1:1-3

Elcana era o cabeça da família em questão. Ele era casado com duas mulheres, no entanto, a que ele mais amava – Ana – não podia dar-lhe filhos.

Ano após ano Elcana subia à presença do Senhor, para adorá-Lo, mesmo não recebendo filhos da mulher amada.


2. ANA - 1 Sm 1:5-7

Ana era uma mulher angustiada, por ser estéril, e vivia sendo humilhada pela outra mulher do seu marido.

Mesmo sabendo de sua esterilidade, que fisicamente não poderia ter um filho, ela não se afastou do altar. Pelo contrário, derramou sua alma diante do Senhor (v10).


3. SAMUEL

Ele foi entregue por sua mãe ao Senhor, como uma oferta.

Quando Ana levou Samuel para o templo ele era ainda muito pequeno. Isso significa que cresceu longe de seus pais, de sua família.

Samuel poderia ter ficado rebelde, ter tomado um caminho que o levaria para longe de Deus, no entanto, esse menino cresceu em estatura e em relacionamento com Deus. Há registro desse fato na Palavra, desde que o Senhor lhe chamou (1Sm 3:4) até o final de sua vida. Ele é tido na Bíblia como um grande líder espiritual.


Da mesma forma que Elcana, Ana e Samuel agiram em fidelidade, nós também precisamos ser fiéis, independente das circunstâncias.

Devemos lembrar que servimos a um Deus que pode todas as coisas. Ele pode nos dar a graça de amar as pessoas, mesmo que não façam o que esperamos – como fez com Elcana. Ele pode tirar de nós a esterilidade, e nos levar a gerar muitos filhos espirituais, que serão grandes líderes – como fez com Ana. Ele também pode suprir todas as nossas necessidades físicas, emocionais e espirituais – como fez com Samuel.

Temos que abrir a nossa boca para lhe pedir o que precisamos, e sermos fiéis. Seja fiel, não olhe a circunstância.

Dandara Cunha Farias

Thursday, April 9, 2009

GETSÊMANI, LUGAR DE CONQUISTA EM JESUS

Mc 14.32 a 42

Jesus em sua angústia orava no Getsêmani, clamando a Deus. Nesse tempo de pavor e angústia, o Mestre deu um comando aos seus discípulos: “Ficai aqui e vigiai”.

Muitas vezes recebemos orientação para “despertar”, mas fazemos o que a nossa alma quer – descansar, ficar no conforto, dormir. Jesus não descansou nem quando foi para morrer por nós. Hoje o Senhor nos pede para não dormir, não relaxar, mesmo Ele estando conosco.

DORMIR
* Estar entregue ao sono.
* Estar imóvel.

VIGIAR
* Estar atento.
* Estar de sentinela.
* Estar acordado.

Jesus deu um comando e seus discípulos fizeram exatamente o contrário.


1. A CONQUISTA PELO PREÇO DA CRUZ

Mc 14.41“... Basta! É chegada a hora...”.

Os discípulos de Jesus estavam prestes a presenciar a maior conquista de todos os tempos, fruto do amor incondicional do Senhor por nós.

Precisamos visualizar nossa conquista, independente das circunstâncias e nos posicionar, para termos êxito na Visão de Deus. Se não estivermos atentos, quando ela chegar não saberemos o que fazer.


2. O CUMPRIMENTO DA ESCRITURA

Mc 15.28“E cumpriu-se a escritura que diz: Com malfeitores foi contado”.

Vemos que junto a Jesus, naquela cruz, havia dois ladrões e enquanto um queria ser salvo o outro blasfemava. Da mesma forma é hoje, muitos desejam ser salvos, mas, por outro lado, muitos ainda blasfemam contra Deus.

Não podemos achar que as pessoas que nos rodeiam e que ainda não conhecem a Jesus não se converterão nunca, ao contrário, precisamos abrir a nossa boca e declarar que todos eles serão salvos. Ninguém ficará de fora do projeto do Senhor.


3. PELO SANGUE DE JESUS SOMOS LIVRES PARA CONQUISTAR

Mc 15.38“O véu do templo se rasgou-se em duas partes, do alto a baixo”.

Jesus, em seu infinito amor, derramou seu sangue por nós, nos deixando livres para conquistar.
Devemos demonstrar a nossa gratidão e buscar agradar ao Senhor, levando sua Palavra àqueles que ainda não a conhecem, e por isso vivem cativos.


Não fique dormindo, esperando ouvir Deus lhe chamar, corra para os braços do Pai. Chegou o tempo de conquistar!


José Nei do Nascimento Araújo